Instituto Piagaçu faz expedição para realizar Manejo Sustentável de peixes da região

Instituto Piagaçu faz expedição para realizar Manejo Sustentável de peixes da região

Após um mês de planejamento aguardando o período da seca, a equipe de pesquisadores do Instituto Piagaçu (IPi) iniciou nesta semana mais uma importante expedição para a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP) onde serão realizadas várias ações voltadas para o manejo sustentável participativo de recursos naturais da região. O manejo de recursos pesqueiros, uma das principais ações realizadas na região, está sendo executada pelo Programa de Conservação e Manejo de Recursos Pesqueiros do IPi, por meio do projeto Peixes da Floresta. Entre as atividades encabeçadas pela equipe está o acompanhamento técnico da pesca manejada do Pirarucu, que ocorre nos setores Itapuru, Caua-Cuiuanã e Ayapuá. Um trabalho em que os pesquisadores oferecem suporte técnico/científico para os ribeirinhos e evidenciam o manejo comunitário participativo, valorizando os conhecimentos tradicionais locais. Além disso, a equipe está fazendo a instalação de rádios transmissores para estudar a movimentação de pirarucus em lagos de terra firme, em parceria com os Drs. Leandro Castello, da Virginia Polytechnic Institute and State University (USA) e Eduardo Martins – Carleton University / University of British Columbia (Canadá). Este será um dos primeiros estudos utilizando esta técnica voltada exclusivamente a entender a movimentação desse peixe em habitats formados por lagos de terra firme, o que é fundamental para subsidiar ações de manejo e conservação neste tipo de habitat. Este ano, a expedição está sendo mapeada em tempo real pelo fotógrafo de natureza Adriano Gambarini, que está documentando a viagem e atualizando sua localização e o andamento da mesma via satélite, através do link https://explore.delorme.com/textmessage/txtmsg?mo=e0e4be95d7e24bb0abcb81.... A sociedade pode acompanhar o mapeamento e visualizar as mensagens diárias que Gambarini repassa diretamente da floresta Amazônica. O projeto Peixes da Floresta conta com o patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental e faz alusão a vital relação dos peixes com a Floresta Amazônica.